Colégio Apoio
 

Laços São Apoio - Felipe Santana


Sabe o que faz um preceptor? Ele sabe quem é você. Calma, não é nenhum espião, mas um profissional importante que, em maior ou menor grau, está presente na vida de todos.

Felipe Santana, nosso ex-aluno, é um deles. Hoje, trabalha na USP, a Universidade de São Paulo. O preceptor é o responsável, na área médica, por conduzir, supervisionar, orientar e acompanhar o desenvolvimento dos residentes, das mais variadas especialidades, dentro do hospital. Sim, Felipe é formado em Medicina pela UFPE. No Colégio Apoio, aprendeu a dar muito valor a uma outra formação: a pessoal. Dos 6 aos 14 anos, estudou com a gente.


“No Apoio, dei meus primeiros passos na longa e interminável jornada do aprendizado da ciência humana. Mais: foi onde tive meus primeiros contatos com conceitos fundamentais, como qualidade de vida, respeito ao meio ambiente, consciência social e cidadania.”

Você acha que esses são valores essenciais para todo médico? Nós consideramos que eles são indispensáveis para qualquer ser humano. Não há vestibular nem Enem para isso, mas é uma das prioridades em nossa escola.

“O Apoio proporciona um ambiente que permite o estabelecimento de laços significativos, junto com a necessária formação do caráter que acompanha as relações expressivas. O Colégio ocupa um espaço encravado em minhas memórias. Daqui de São Paulo, vejo o reflexo de um tempo simples, um tempo feliz, um tempo definitivo. Os anos que ali passei sustentam todos os demais. O Apoio faz parte de quem eu fui, sou e sempre serei.”

De acordo com dicionários, preceptor também é definido como o encarregado pela educação e instrução de uma criança ou adolescente, geralmente na casa dele. Antes de ser preceptor da USP na área de saúde, Felipe teve o Apoio como preceptor na área de educação. No espaço acolhedor que foi, é e sempre será a sua casa.